O que é a hospedagem?
Dito de uma forma bem simples, hospedagem é um ambiente virtual utilizado para armazenar todos os arquivos de um site ou e-mail que ficarão acessíveis via internet. A hospedagem, que abrange uma série de recursos, é alugada por empresas que prestam este serviço e que também são conhecidas como provedores de hospedagem.
Atualmente são várias as empresas que disponibilizam esse tipo de serviço para garantir o funcionamento correto do seu site e de seus e-mails. Vale ressaltar, no entanto, a importância de contratar os serviços de uma empresa que garanta uma hospedagem de qualidade pois o objetivo é fazer com que os e-mails e sites hospedados permaneçam em produção na maior quantidade de tempo possível.

Como escolher a melhor hospedagem?
É preciso escolher uma empresa que ofereça um plano que esteja de acordo com as necessidades do seu negócio, levando em consideração fatores como espaço de armazenamento, suporte, hospedagem, plataforma de auxílio, banco de dados, acesso a zona de DNS e alguns outros recursos. Mas antes de pensar em hospedagem é preciso que sua empresa registre um domínio.

O que é um domínio?
O registro do domínio é fundamental para garantir seu nome refletivo no site e e-mails de sua empresa na Internet. O domínio é o endereço eletrônico de uma página/empresa, exemplo: minhaempresa.com.br. Diferentemente da marca, o domínio pertence a quem o registrar primeiro, mesmo que o responsável pelo registro não seja o proprietário da marca. Por isso, é importante registrá-lo e renovar sempre que a anuidade expirar para que não sejam gerados problemas futuros.

Como registrar um domínio?
O registro de domínios deve ser feito no Registro.br, órgão que registra os nomes de domínios no Brasil, com finais “.com.br”, como no exemplo acima. Assim, ao registrar um domínio, outra pessoa não poderá utilizar o mesmo nome que você. Para registrar o domínio é necessário pagar uma pequena taxa e renovar o registro conforme sua escolha na hora da compra, o prazo mínimo é um ano.
Para que serve?
O domínio confere um endereço eletrônico na Internet para facilitar que seus clientes encontrem sua empresa e serve também como proteção adicional à marca. Geralmente, quando se abre uma empresa, é ideal já realizar o registro do domínio com o nome igual ou similar ao nome escolhido para sua empresa.

Confira alguns benefícios de Registrar seu Domínio:
Evitar que outras pessoas usem o nome de seu negócio confundindo seus clientes;
Proteção e fortalecimento da marca;
Passar credibilidade;
Permite o uso de e-mails empresariais;
Presença online.

Preciso comprar mais de um domínio?
Não precisa, porém, comprar mais de um domínio para a sua empresa evita que um concorrente ou outra pessoa qualquer tenha um domínio parecido e cause prejuízos para a sua marca. Além de aumentar suas chances de ser encontrado e, consequentemente, os contatos e vendas.

É interessante, que ao comprar um domínio finalizado em .com.br, você também realize a compra do domínio finalizado em .com e crie um redirecionamento entre os dois, sendo assim, mesmo que uma acessar o seu site com .com.br ou somente .com, ela será redirecionada para a sua empresa. A mesma configuração é possível de ser realizada para os serviços de e-mails, se uma pessoa enviar um e-mail para sua empresa para sua conta .com.br ou .com. você receberá-lo sem problemas.

Existem tipos de hospedagem?
Sim, por isso a importância de escolher um plano que irá se adaptar às necessidades de quem precisa fazer uma hospedagem. O tipo mais comum e mais utilizado é:

Hospedagem compartilhada
Preços mais baixos, pois, várias pessoas ou empresas podem utilizar um mesmo servidor compartilhado.

Vantagens da hospedagem Compartilhada:
Custos baixo e fácil de usar.

O oposto da hospedagem compartilhada seria:
Hospedagem dedicada
Você tem um servidor exclusivo, com mais capacidade e velocidade de processamento.

Vantagens da hospedagem Dedicada:
Flexibilidade e personalização: escolha do hardware (memória, espaço em disco, processador) exato e as especificações do sistema operacional, pode também, configurar e ajustar sua configuração para atender as suas necessidades.

Entre esses dois tipos, temos:
Servidor Virtual (VPS):
Esta opção é como se fosse um servidor dedicado dentro de um servidor compartilhado.
É indicado para aplicações que precisam acesso total ao sistema operacional mas que não precisem de muita capacidade de processamento.

Além disso temos também:
Hospedagem em Cloud:
É a evolução do Servidor Virtual, pois permite a rápida migração para outro hardware caso apresente falhas.
Então antes de escolher seu plano, é ideal que você escolha uma empresa que te oriente a melhor forma de realizar sua hospedagem e te auxilie em todo o processo de hospedagem ou migração, que irá oferecer aquilo que sua empresa precisa.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Posts Relacionados: